A Prece Plena e Real

“Devido à nossa negligência, acontece às vezes que a língua diz as palavras santas de uma oração, enquanto a mente vagueia distante: ou a mente compreende as palavras da prece, mas o coração não responde a ela com sentimento. No primeiro caso, a prece não passa de palavras, e não é absolutamente uma prece; no segundo – a prece com palavras se une à prece mental, e é imperfeita e incompleta. A prece plena e real é quando as palavras e os pensamentos rezados são combinados aos sentimentos rezados”. (Lorenzo Scupoli)