Conselho de Stanislas de Guaita

Nos agrupamentos iniciáticos e sobretudo martinistas, que falta vem fazendo a lembrança destas sábias palavras de nosso V.M.P. Stanislas de Guaita!

“Não queremos aqui te impor convicções dogmáticas. Pouco importa para nós que te consideres um materialista, espiritualista ou idealista; que professes fé no Cristianismo ou no Budismo; que te proclames um livre pensador ou que defendas até mesmo o ceticismo absoluto.Não atormentes teu coração agitando teu espírito com problemas que só podes resolver perante a tua consciência e no silêncio solene de tuas paixões aquietadas. Se te sentes evolvido pelo amor verdadeiro de teus irmãos e irmãs humanos, não procures nunca dissolver os laços de solidariedade que te unem ao reino hominal considerado em sua síntese (…)”