Categoria: Martinismo

A Teosofia e a Teurgia, por Serge Caillet

Teosofia 1. O Martinismo é uma teosofia. Esta teosofia é bem diferente de certos sistemas, tal como o que forjara a Srª. Blavatsky, fundadora, em 1875, da Sociedade Teosófica, que não devemos confundir com a Teosofia, e à que conviria reservar o termo “teosofismo”. 2. A teosofia é o conhecimento da verdade, do caminho e …

Continue lendo

O Martinismo e os “chocalhos”

“O Martinismo é, acima de tudo, uma alavanca de desenvolvimento individual e um esforço no sentido da penetração da ciência viva. Como tal, procura dar ao homem de desejo a sensação de sua humildade e da mesma vitalidade que ele pode retirar deste entendimento. Nós não somos um novo rito maçônico, não damos aos homens …

Continue lendo

Breve Histórico do Martinismo no Brasil

“Até os dias de hoje, muito pouco, ou quase nada, foi escrito sobre a história do desenvolvimento do Martinismo no Brasil. Apenas alguns fragmentos, aqui e acolá, nas velhas bibliotecas particulares de uns raros iniciados ou contada de boca-a-ouvido. Reconstituir essa história é uma tarefa difícil e demorada na qual nos empenhamos, sabendo desde já …

Continue lendo

Sobre Paul Sedir (Yvon Leloup)

Excerto retirado do Primeiro Volume da obra o Mestre Philippe de Lyon de autoria de Sri Sevananda Swami, e Philippe Encausse; Havia já uns três anos que Sedir estudava o esoterismo pelos seus próprios meios, sem outro guia que a luz interior, sem outros auxiliares que sua inteligência, sua faculdade de observação, sua capacidade de …

Continue lendo

Diploma de Reaux-Croix concedido a Jean-Baptiste Willermoz

Os Irmãos do Oriente e os Filósofos Desconhecidos

“Em uma de suas viagens para Estrasburgo (cidade que foi parte de sua vida, junto com Paris e Amboise – se excluirmos as viagens ao exterior – que mais tarde ele chamou de seu “paraíso”), Saint Martin conheceu Rodolphe de Salzmann, tradutor comentador do filósofo místico alemão Jacob Boehme. Então, proveniente dos “Irmãos do Oriente“, …

Continue lendo

És Iniciado

“Fizemos-te iniciar: o papel dos iniciadores deve limitar-se aqui. Se chegares por ti mesmo à inteligência dos Arcanos merecerás o título de Adepto; mas, vê bem; seria em vão que os mais sábios Mestres quisessem revelar-te as supremas fórmulas da Ciência e do Poder mágico. A Verdade Oculta não poderá ser transmitida em um discurso: …

Continue lendo

Escrevendo em nossa Alma

“Eu modero-me bastante, hoje em dia, em matéria de obras da pena, pois elas são bem pouco menos do que a própria raiz as ordena e as gera. É em nossas almas que devemos escrever, pois é somente aí que nossos pensamentos germinam de modo proveitoso”.  (Louis-Claude de Saint-Martin)

O Bem e o Barulho

“Eu queria fazer o bem, mas não queria fazer barulho, pois senti que o barulho não faz bem e que o bem não faz barulho”.  (Louis-Claude de Saint-Martin)

Desconhecidos no mundo

“Permanecemos desconhecidos no mundo para que as nossas obras sejam duradouras e perenes”. (Louis Claude de Saint-Martin)