O que há dentro do Não-Fundamento?

“Dentro do não-fundamento (que alguns escritores denominam de ‘Não-Ser’ – um termo sem nenhum significado) não há nada senão tranqüilidade eterna, um eterno repouso sem começo e sem fim. É verdade que mesmo ali Deus tem uma Vontade, mas essa Vontade não pode ser objeto de nossa investigação, já que qualquer tentativa de investigá-La produziria pura confusão em nossa mente. Concebemos essa Vontade como constituindo o fundamento da Divindade. Ela não tem origem, mas se concebe a si mesma em si mesma.”. (Boehme)